Copa União de Clubes ainda sob indefinições

30/07/2020

Com indefinições em 2020, pensamento se volta para 2021

 


 

Na noite de terça-feira, dia 28 de julho, os representantes dos participantes da 32ª edição da Copa União de Clubes se reuniram para uma série de deliberações. Embora a competição deste ano tenha comprometimento total devido à pandemia pelo Covid-19, com a suspensão do Copão, que reúne as quatro principais categorias – titulares, suplentes, veteranos e máster -, a direção precisa fazer alguns encaminhamentos para 2021.

 

Como foi obtido um financiamento federal, há necessidade de uma série de providências em breve. A primeira foi a reeleição, por aclamação, da direção comandada por Sérgio Reinheimer até julho de 2022. Da mesma forma, foram definidos os integrantes dos conselhos Arbitral e Fiscal, além da Diretoria Disciplinar. A ata do encontro deve ser encaminhada nos próximos dias para o governo federal.

 

Na reunião foi encaminhada uma sugestão de calendário para 2021, com previsão do início das categorias sênior e juvenil em março, o Copão em abril e a supersênior em agosto. Mas tudo deverá ser confirmado em encontros posteriores. Já o trio de soberanas eleito no final de 2019, com a rainha Larissa Endler Bosquetti e princesas Bárbara Visoná e Neire Damin, seguirá nas funções de representação da competição no ano que vem.

 

A festa de encerramento ocorrerá na comunidade de Bevilacqua, como seria este ano, no dia 5 de dezembro. A competição tem o final projetado para outubro, mas normalmente há a suspensão de várias rodadas, devido ao clima e eventuais incidentes nas comunidades. Por isso, a folga nas datas é importante.

 

Em relação à competição já iniciada este ano, na categoria sênior, a continuidade depende da evolução da pandemia, assim como a supersênior, que começaria no segundo semestre e fecharia o calendário. Os clubes também discutiram o cumprimento de penas de atletas suspensos, com alguns casos que deverão ser estendidas devido ao tempo de parada. Também será estudada a realização de algum evento até o final do ano com o objetivo de arrecadar verba para os clubes. Mas novos encontros ocorrerão, assim que a situação melhorar, para a definição dos próximos passos.

 

A reunião desta terça-feira foi em uma sala da empresa Vehtec Tecnologia Ltda., no bairro Bela Vista, que é a sede da Copão União, com todos os cuidados recomendados, como uso de máscaras e álcool gel. O diretor administrativo-financeiro Adriano Oscari foi escrevendo a ata com as definições.

A secretaria executiva continua com Fernanda Frizzo, que faz o controle de súmulas, classificação e outros detalhes da organização da competição.

 

Direção para o período entre julho de 2020 e julho de 2022

Diretor-presidente – Sergio Marcos Reinheimer

Vice-diretor-presidente – Renan Furghieri Pinto

Diretor administrativo-financeiro – Adriano Oscari

 

Conselho Fiscal

Denis Antônio Domeneghini

Juarez Fermino Palandi

Pedro Valdomiro Hochmann

 

Diretoria Disciplinar

Valmor Lazzari

Waldemar Silva

 

Conselho Arbitral

Adriano Oscari (Canarinho)

Charles Eugenio Festugato (Minuano)

Gilberto Visoná (Diamantino)

Juarez Fermino Palandi (Bevilacqua)

Luiz Fernando Martinotto (Botafogo)

Mario Costa (São Francisco)

Paulo Joel Scopel (Juvenil)

Rodrigo Pistorello (São Cristóvão)

Sergio Marcos Reinheimer (São Luiz)

Valmor Lazzari (União Forquetense)

Vinicius Marchiori (São Virgílio)

 

Secretaria executiva

Fernanda Frizzo

 

Please reload

Posts Recentes
Please reload

© 2016 por Alan Diego Mendes