Começa a Copa União 2019


Bevilacqua, de Júlio César, foi o campeão da categoria sênior, que abre a competição deste ano

Diretor Administrativo Financeiro, Adriano Oscari, comemora o crescimento da CUC

A Copa União de Clubes de Caxias do Sul terá neste sábado a rodada inicial da categoria sênior, com a participação de 10 equipes, dos 12 clubes que formarão a competição na temporada. Na sequência, daqui a duas semanas, ocorre o retorno da categoria juvenil, depois o chamado Copão, com as quatro principais divisões – másters, veteranos, suplentes e titulares –, e finalmente a supersênior. Neste ano, as principais novidades são o retorno do Pedancino, depois de um ano afastado, e a volta da disputa juvenil, com quatro equipes. Essa categoria marca o desejo da direção da Copa União de possibilitar a formação de atletas para manter a competição forte no futuro. A palavra forte serve para mostrar o momento da Copa União. O diretor administrativo Adriano Oscari destaca que, com a volta do Pedancino, esta temporada terá a presença de 12 dos 14 integrantes que fazem parte dos estatutos, com as ausências apenas do GE Conceição e do São Gotardo FC. É um grande mérito num momento de dificuldades econômicas do país. No total, as sete categorias envolvendo cerca de 2.00 atletas, sendo que alguns, conforme a idade, podem integrar mais de uma. Oscari revela ainda que um estudo indica que a Copa União abrange cerca de 45 mil pessoas nas diferentes comunidades que envolvem os clubes. No final da temporada, ocorre uma grande festa em uma das comunidades participantes para a entrega da premiação e escolha do trio de soberanas. A deste ano já tem data e local confirmados: será dia 12 de dezembro, em Nossa Senhora das Graças da 8ª Légua, sede do Diamantino. Em dezembro último, o encerramento foi em São Braz. Para um evento dessa dimensão, a organização conta com o patrocínio máster da Kempo Sports, que oferece promoções aos clubes e atletas. Também está em tramitação um projeto para o financiamento da Prefeitura de Caxias do Sul e Secretaria Municipal do Esporte e Lazer, por meio Fiesporte. Os dirigentes da Copa União trabalham ainda na obtenção de recursos federais por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. Assim, procuram auxiliar os clubes encarar os custos da competição.

ATENÇÃO À DISCIPLINA

Tradicionalmente, o aspecto disciplinar tem grande atenção da direção da Copa União. O regulamento da competição, que vale para todas as categorias, mantém a base há anos. As poucas mudanças são no sentido de corrigir aspectos observados na competição anterior. Assim, nas normas estão previstas as penalizações para diferentes situações. A partir das súmulas e relatos dos árbitros são enquadrados os infratores e eventuais punições, que podem ser pecuniárias e suspensões por alguns jogos ou temporadas, nos casos mais graves.

A DIREÇÃO

A DIREÇÃO PRESIDENTE Sergio Reinheimer VICE-PRESIDENTE Lindomar Kocoszewski DIRETOR ADMINISTRATIVOFINANCEIRO Adriano Oscari DIRETORES DISCIPLINARES Amarildo G. Cesere e Valmor Lazzari SECRETÁRIA EXECUTIVA FERNANDA FRIZZO

FÓRMULA GERAL

Em todas as categorias, as equipes se enfrentam todas contra todas, em um turno. No caso de até sete participantes, os quatro primeiros se classificam para confrontos semifinais, em ida e volta, para a definição dos finalistas. Com pelo menos oito participantes, a classificação é para quartas de final, com posterior avanço para as semifinais e finais. Distribuição dos confrontos semifinais: 1º x 4º e 2º x 3º. Com quartas de final: 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º. Nos confrontos eliminatórios de quartas de finais, semifinais e finais, as equipes de melhor campanha fazem a segunda partida em casa. Nas duas primeiras, vale a pontuação para definir o vencedor. Se houver igualdade, ocorre prorrogação ao final do segundo jogo, com o mandante tendo a vantagem do empate. Nas finais, no caso de igualdade em pontos, também ocorre prorrogação. Havendo empate nesta, a definição do título vai para os pênaltis. CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO Ocorrendo empate em pontos, ao término da primeira fase entre dois ou mais clubes, serão adotados os critérios abaixo para a escolha das equipes classificadas: A) Maior número de vitórias B) Confronto direto C) Menor número de gols contra D) Melhor disciplina E) Sorteio. AS CATEGORIAS Juvenil – até 16 anos. Início dia 16/3, com quatro equipes: Botafogo, Canarinho, Diamantino e Juvenil Titulares – livre. Início dia 19 de maio * Suplentes – livre. Início dia 19 de maio * Veteranos – acima de 35 nos. Início dia 18 de maio * Máster – acima de 45 anos. Início dia 18 de maio * Sênior – acima de 50 anos. Início dia 16 de março Supersênior – acima de 55 anos. Início em setembro * Integram o Copão e são de participação obrigatória aos clubes.

1ª RODADA

Sábado, 16/3

São Virgílio x Canarinho São Luiz x Diamantino Juvenil x União Forquetense Bevilacqua x Botafogo São Cristóvão x Minuano.

HOMENAGEM À DONA IVONE

Em todos os jogos desta primeira rodada da Copa União de Clubes será prestada uma homenagem à dona Ivone, mãe do técnico Tite, da Seleção Brasileira, falecida no último final de semana. Miro, também filho de Dona Ivone, que tem longa história dentro da CUC, deverá estar presente no jogo programado para São Braz, entre Juvenil e União Forquetense.

Posts Recentes

© 2016 por Alan Diego Mendes