Copa União de Clubes: Bevilacqua sedia duas decisões


Na categoria titulares o Bevilacqua vai decidir o título diante do União Forquetense

O campo do Bevilacqua será o palco das duas últimas decisões do Copão, que reúne as quatro principais categorias da Copa União de Clubes 2017 – máster, veteranos, suplentes e titulares. Neste sábado e domingo, a equipe da casa enfrenta São Luiz e União Forquetense, respectivamente, nos confrontos que definirão os títulos dos veteranos e titulares. As duas partidas têm início previsto para as 16h. A comunidade de Bevilacqua se localiza na região leste de Caxias do Sul, com acesso pela Rota do Sol, na mesma entrada de São Braz.

A melhor campanha na fase de classificação garantiu ao Bevilacqua o mando de campo dessas decisões. Mas há diferenças nas duas categorias. Nos veteranos, com a vitória no confronto de ida, o time da casa tem a vantagem do empate. O São Luiz precisa vencer para forçar a prorrogação. Nesse caso, se ocorrer empate, a decisão do título vai para os pênaltis.

Entre os titulares, o União Forquetense chega embalado pela vitória na ida. Assim, joga pelo empate, enquanto a equipe da casa precisará vencer para forçar a prorrogação. Uma situação complicada para o Bevilacqua, que terá dois desfalques devido a expulsões no final da partida em Forqueta.

Um de cada

Nas duas primeiras decisões, nas categorias másters e suplentes, entre São Luiz e Juvenil, na 6ª Légua, cada clube festejou um título. No sábado passado, o time máster do Juvenil foi melhor e venceu por 2 x 0, um gol em cada tempo. Foi um jogo muito disputado, mas com boa disciplina e respeito entre os participantes e torcedores.

No domingo, os suplentes do São Luiz entraram em campo pressionados após a derrota em São Braz. A partida foi tensa, mesmo com a bela arbitragem de Márcio Chagas, com alguns momentos de empurra-empurra e uma expulsão no time do Juvenil. No final, o São Luiz ganhou com um gol no segundo tempo. Como na prorrogação houve empate, a decisão foi para os pênaltis, com vitória da equipe da casa por 4 x 2.

O problema ocorreu após as penalidades. Alguns jogadores do Juvenil caíram nas provocações de torcedores do São Luiz e saíram do campo para brigar a socos. Cenas lamentáveis, que poderiam ter resultado em lesões sérias em pessoas que não tinham nada a ver com as diferenças. Felizmente a turma do bom senso acalmou a situação.

Questão de estrutura

Mais de 1.500 pessoas acompanharam a decisão dos suplentes, na tarde de domingo, que estava quente durante a maior parte do jogo. E esse público, que consumiu bastante cerveja, sofreu com a falta de banheiros. Ao lado do campo, havia apenas um masculino e um feminino, com grandes filas.

É evidente que são raras as ocasiões em que o campo do São Luiz, assim como outros do futebol amador, recebe um público desses, que no último domingo foi superior a um jogo do Campeonato Brasileiro. Mas esse é um aspecto a ser pensado, para evitar o sofrimento e constrangimento de uma parte dos assistentes, com a indicação de algumas alternativas, e bem sinalizadas.

ACOMPANHE

Neste final de semana

CATEGORIA VETERANOS

Sábado, dia 18/11, 16h

Em Bevilacqua

Bevilacqua x São Luiz

Jogo de ida

Sábado, 4/11

Em São Luiz da 6ª Légua

São Luiz 0 x 1 Bevilacqua

CATEGORIA TITULARES

Domingo, dia 19/11, 16h

Em Bevilacqua

Bevilacqua x União Forquetense

Jogo de ida

Domingo, dia 5/11

Em Forqueta

União Forquetense 3 x 1 Bevilacqua

CATEGORIA MÁSTER

Resultados das finais

Jogo de volta

Sábado, dia 11/11

Em São Luiz da 6ª Légua

São Luiz 0 x 2 Juvenil

Jogo de ida

Sábado, dia 4/11

Em São Braz

Juvenil 2 x 2 São Luiz

CATEGORIA SUPLENTES

Campeão

São Luiz

Resultados das finais

Jogo de volta

Domingo, dia 12/11

Em São Luiz da 6ª Légua

São Luiz 1 x 0 Juvenil

(nos pênaltis: 4 x 2)

Jogo de ida

Domingo, dia 5/11

Em São Braz

Juvenil 3 x 2 São Luiz

Artilheiros

Categoria máster

1º, José Adão Fonseca (São Luiz), 21 gols; 2º, Valtair Fortunato (São Francisco), 16 gols, 3º, Marcio José Andreola (Juvenil), Marcos Antonio Cechinatto (Bevilacqua) e Paulo Vanderlei Mignoni (São Virgílio), 8

Categoria veteranos

1º, Adriano dos Santos Porto (São Luiz), 13 gols; 2º, Fabio Helio Christofaro (União Forquetense) e Ismael da Silva (São Luiz), 11; 3º, Pablo Souza Rodrigues (São Luiz), 9 gols; 4º, Alex Sandro Vencato (São Virgílio), 8

Categoria suplentes

1º, Daniel Oliveira da Conceição (São Luiz), 21 gols; 2º, Jonahtan Jardel Heisler (Juvenil), 16; 3º, Fabio Augusto de Camargo (Bevilacqua) e Ricardo Perin Biondo (Juvenil), 9

Categoria titulares

1º, Gilnei Gatelli da Silva (Juvenil), 9 gols; 2º, Alan Varela Maciel (Bevilacqua), Felipe Brandalise (Pedancino) e Mateus Tomiello (Bevilacqua), 8

DECISÃO TAMBÉM NO SUPERSÊNIOR, EM FAZENDA SOUZA

Às 14h15 deste sábado, em Fazenda Souza, começa o segundo e decisivo confronto da decisão da categoria supersênior da Copa União de Clubes 2017. Minuano e União Forquetense estão em igualdade de condições após o empate em 1 x 1 no duelo de ida, em Forqueta. Assim, quem vencer nos 90 minutos garante o título. No caso de novo empate, haverá prorrogação e, seguindo a igualdade, a definição do título vai para os pênaltis. Essa competição, de participação opcional aos clubes, é para atletas acima de 50 e 55 anos (goleiros). Cinco equipes iniciaram nesta categoria. Embora tenha como principal finalidade a movimentação de jogadores mais experientes, essa categoria chega ao final em meio a uma polêmica. O Pedancino, inconformado pelo fato de o União Forquetense utilizar o atacante Renato Teixeira nas semifinais, anunciou a saída da Copa União. Segundo o clube, o regulamento teria sido descumprido. O caso ainda deve render muita discussão. O artilheiro da categoria supersênior é Valdir Folchini, do Pedancino, com cinco gols, seguido por Agenor Viel e Henrique Luiz Possa, ambos do Minuano, mais Renato Teixeira e Valmir José Graziotin, os dois do União Forquetense, todos com quatro.

Posts Recentes

© 2016 por Alan Diego Mendes