Apaju forma craques para o Juventude

19/08/2016

 Jonas da Rosa (D) é o coordenador técnico do projeto E.C.

 

Cerca de 180 garotos entre 10 e 15 anos integram as equipes de competição da escola do Esporte Clube Juventude. Eles participam de torneios e campeonatos municipais, regionais, estaduais, nacionais e, até, no exterior, como a incursão na Alemanha, no ano passado, e outra para a França, no primeiro semestre de 2016.


Reconhecido como clube formador de jogadores pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), para esse trabalho, que é realizado pela Associação de Pais e Amigos do E.C. Juventude (Apaju), o clube conta com o financiamento do Fiesporte e SMEL. O projeto é denominado oficialmente de E.C. Juventude/Prefeitura de Caxias do Sul Formando Campeões. “O objetivo é a formação da pessoa, mas a competição faz parte do processo. A competição dá  ideia do trabalho em grupo, ensina a ganhar e a perder, a planejar”, afirma Jonas da Rosa, coordenador técnico da escola de futebol, inserida nas atividades da Apaju.
Os treinos ocorrem no Centro de Formação de Atletas e Cidadãos (CFAC) e outros locais, como o Recreio Cruzeiro e o campo do De Zorzi. A frequência dos trabalhos ocorre conforme a faixa etária dos jogadores, variando de três a cinco vezes por semana.

 

Divulgação
Para o coordenador Jonas da Rosa, o financiamento do            Fiesporte é muito valorizado pela Apaju. “Nós procuramos divulgar sempre. Mesmo quando atuamos em locais e eventos que não estão inseridos no projeto, levamos o material de divulgação, pois entendemos a importância e agradecemos essa ajuda.” 
 
Paixão pelo trabalho
Natural de Lages (SC), 46 anos de idade, Jonas da Rosa trabalha no Juventude há 26 anos, e sempre na base, que é onde se sente bem. “Gosto daqui, não tenho pretensão de trabalhar com o time  profissional”, afirma. Nesse período, Jonas ajudou a revelar inúmeros jogadores. Entre os mais recentes, ele lembra Alex Telles, Ramiro, Bressan, que acabaram negociados com o Grêmio, mais Vacaria e Caprini, que integram o atual grupo principal do Juventude. Mas há muitos outros. Jonas contabiliza cerca de 50 atletas que acabaram se transferindo para outros clubes, como a dupla Gre-Nal e até do exterior, alguns bem jovens, antes de atuarem na equipe profissional..

 

Escola
A escola de formação do Juventude tem mais 320 alunos de 7 a 14 anos. Esse grupo, além de treinos, participa de torneios internos, jogos amistosos e disputas municipais e regionais. É um trabalho de iniciação no esporte e também de formação. Os jovens que se destacam abrem caminho para ingressar nas equipes de competição da Apaju.
Uma parte dos garotos, em contrapartida ao financiamento do Fiesporte, tem acesso gratuito às atividades. Para desenvolver todo o trabalho, incluindo as equipes de competição, o clube conta com 15 professores, entre formados em Educação Física e estagiários.
  
Vagas em aberto
A escola de formação de atletas do Ju está sempre aberta para receber futuros talentos. Interessados podem obter informações pelo fone 3027-8743.


Final de semana cheio

Sábado, no Enxutão, Campeonato Municipal
10 horas - Juventude A x Juventude C (Sub 11)
11 horas - Juventude B x Zico 10 (Sub 11) 
Sábado, em Igrejinha, Campeonato Estadual
15 horas - Igrejinha x Juventude (Sub 15) 
Domingo, em Mato Perso, Campeonato Estadual
09 horas - Juventude x Grêmio (Sub 13)
10h30 - Juventude x Grêmio (Sub 11)
12 horas  Juventude x Grêmio (Sub 10)
14 horas - Juventudo x Vila Nova (Sub 12)
15 horas - Juventude x Vila Nova (Sub 14)
 

Please reload

Posts Recentes
Please reload

© 2016 por Alan Diego Mendes